Contents Previous Next

Arquivo mtmon.conf

As variáveis definidas no arquivo MTMON/etc/mtmon.conf e suas respectivas atribuições são esclarecidas abaixo :

Cliente

Nome que será apresentado no título do browser junto com a versão do MTMON. Só configurado na versão instalada no servidor do MTMON.

ArquivoControleRefresh

Sempre que o browser faz uma chamada para apresentar os eventos não finalizados, a data deste arquivo é atualizada. Assim é possível validar se o browser não está travado ou que inadvertidamente foi fechado. Se a data do arquivo for maior do que 5 minutos, o programa mtmon_audit.pl acionará os mecanismos definidos para alertar o operador.

ArquivoLock

Arquivo usado para controlar o acesso aos arquivos de eventos.

AutenticaComKRB5

O MTMON pode autenticar o usuário no Windows AD. Para isso, verifique o procedimento Autenticação via kerberos

AutenticaComPAM

Nos servidores que possuem o PAM configurado, é preferível fazer a autenticação por este meio. O item é explanado na sessão Autenticação via PAM

Debug

Quando Debug=1, são gravados na saída para o browser tags <COMMENT> que ajudam na identificação de problemas de configuração.

htmlDir

Páginas HTML, programas em JavaScript, imagens e área temporária usadas pelo MTMON são definidas aqui. O Apache é configurado para usar este diretório como área de htdocs.

httpTimeout

Define o tempo de espera que o cliente MTMON aguarda para estabelecer a conexão com o servidor MTMON.

HTML_FormFeed

Quando um relatório é apresentado no browser, esta seqüência define a quebra de páginas na impressão. Se não desejar a quebra de páginas, defina esta variável com nulo ''.

Idiomas

O MTMON pode apresentar as mensagens e telas nos idiomas definidos nesta variável. Verifique o procedimento para incluir outros idiomas na sessão gettext.

Limite

Define critérios para a criação de eventos, limitando um overflow de mensagens. A idéia é gerar um número inicial de n eventos, e depois repetir de m em m. Consulte a sessão --limite para mais informações.

logoEmpresa

Imagem que aparece na janela inicial do MTMON. Assim é possível customizar o software para apresentar a imagem com o logotipo do cliente.

padraoCSS

Para alterar o aspecto geral das páginas, pode ser alterado o documento .css por um do próprio cliente. Evite alterar o conteúdo do documento mtmon.css, pois sempre que o software MTMON é atualizado, um nova versão do documento é gravada. O caminho apontado nesta variável é a URL usada para o browser solicitar o documento.

padraoIcone

Na barra de URL, pode ser incluído uma pequena figura.

PasswdFile

Arquivo auxiliar usado para estender as permissões de acesso dos usuários.

ScriptClient

Quando o conteúdo desta variável aponta para um script, este é chamado pelo mtmon_evento.pl e executado no servidor monitorado com o UID do usuário que o acionou. Veja a sessão Variáveis repassadas para ScriptServer e ScriptClient para uma explanação detalhada das variáveis repassadas para o script.

ScriptClientCheck

Se está variável é verdadeira, o script definido em ScriptClient é chamado antes de enviar os dados para a criação do evento no servidor MTMON. Se o return code for diferente de 0 , o evento não será criado.

Esta função pode ser usada para definir uma lógica no momento da criação do evento. Por exemplo, se um evento pode ser ignorado durante o horário comercial, o script poderia identificar esta situação e não criar o evento por finalizar com rc diferente de zero. O script pode usar as variáveis definidas pelo MTMON para decidir sobre quais eventos o procedimento será adotado.

Consulte a sessão alterando atributos do evento para obter um exemplo prático.

ScriptServer

Quando o conteúdo desta variável aponta para um script, este é chamado pelo mtmon_novo_evento.pl e executado com o UID do APACHE no computador que é o servidor do MTMON. Veja a sessão Variáveis repassadas para ScriptServer e ScriptClient para uma explanação detalhada das variáveis repassadas para o script.

SufixoInfo

Quando a CONSOLE procura arquivos para criar o link de --notifica ou --informacao, e não existe um arquivo com o nome informado, a busca é ampliada com os sufixos definidos neste parâmetro. Consulte a definição de dirInfo para esclarecimentos.

TMP

As chaves com as autorizações nas sessões WEB são guardadas neste diretório. É importante que este diretório não esteja abaixo do Document Root do Apache, pois isso poderia comprometer a segurança do servidor.

tamMaxDump

Define o tamanhi máximo permitido para envio de um arquivo de dump para o servidor do MTMON. Quando o arquivo de dump é maior do que o limite definido nesta opção, o arquivo é copiado para um diretório local do computador cliente e a informação repassada no evento.

TabelaOrigem

Tabela usada para identificar o TransKEY e o nome da origem do evento. O nome da origem pode ser um cliente, uma filial e/ou departamento que está sendo monitorado e é usado na apresentação do evento na janela de monitoração.

TempoDePing

O programa mtmon_cron.pl faz uma conexão no servidor no intervalo (em minutos) definido por esta variável. Neste processo, é atualizado um arquivo de controle que informa que o servidor cliente está ativo e comunicando. Também é verificado se existem atualizações nas definições de monitoração ou de programas e plugins para o computador cliente.

TempoDeRefresh

A janela de monitoração é atualizada pelo número de segundos definido aqui.

UsuarioWEB

Quando um evento é cadastrado, o dono do arquivo que o contém será definido com este valor.


Contents Previous Next